Fechar PFTV
Publicidade
Benfica 2-1 Marítimo: Katsouranis resolve...
O Benfica continua a somar por vitórias os jogos realizados em casa, referentes ao Campeonato Nacional da Bwin Liga , depois de, este sábado, ter derrotado o Marítimo, por 2-1, em desafio da 11.ª jornada da prova. Contudo, apesar de ter pela frente um adversário pouco dado a pressões, a vitória encarnada só começou a ser construída mediante um auto-golo de Alex.

Com ambas as equipas a entrarem em campo com os mesmos onzes dos últimos jogos, foi o Benfica que, apoiado também no facto de jogar perante o seu público, rapidamente tomou conta das rédeas do jogo, criando oportunidades atrás de oportunidades e obrigando o Marítimo a defender bem perto da sua grande-área.

Consequência deste domínio claro, à passagem dos 15 minutos, já os encarnados tinham rematado por nove vezes à baliza de Marcos, com várias oportunidades de golo desperdiçadas, enquanto os insulares só por uma vez haviam conseguido desferir um remate à baliza de Quim… que passou por cima da trave.

Contudo, apesar da supremacia, os encarnados não conseguiam marcar, pelo que acabaria por ser um jogador do Marítimo, Alex, que, num lance dividido com Ricardo Rocha, aos 31 minutos, ajudaria a expressar no marcador o domínio exercido pela equipa da Luz. É verdade que o golo resultava de um lance infeliz para a defesa maritimista, mas também era um tento que a equipa o Benfica há muito fazia por merecer.

Inaugurado o marcador, o Benfica continuaria a dominar, mostrando ter o jogo na mão… até aos 41 minutos: depois de já ter tentado por uma vez, o brasileiro Marquinhos voltou a desferir um remate de fora da grande área, com a bola, desta vez, a entrar no canto superior direito da baliza de Quim. Era o balde de água fria nas aspirações da equipa da casa, que pouco depois saia para o intervalo sob alguns assobios que começavam a surgir nas bancadas.

Mas se o primeiro tempo tinha ficado marcado por uma surpresa desagradável para o Benfica, o segundo tempo não começaria melhor, já que, aos 48 minutos, Miccoli tinha de ser substituído, ao que tudo indica, com nova lesão muscular. Mais uma contrariedade no percurso do pequeno bombardeiro no Benfica, com as lesões ainda e sempre a atormentarem-no…

Com Mantorras já ao lado de Nuno Gomes, Nuno Assis dava, pouco depois, o seu lugar a Karagounis e seria já com o ex-interista em campo que outro grego, Katsouranis, se tornaria o melhor marcador do clube da Luz, na presente edição do campeonato da Liga – aos 66 minutos, o grego ex-AEK aproveitava um centro rasteiro de Simão Sabrosa para, junto ao poste esquerdo de Marcos, fazer aquele que seria o segundo golo do Benfica.

Até final, a equipa da Luz continuaria a exercer maior domínio na partida, com a principal nota de destaque a ir para a entrada de Manú na partida, por troca com Katsouranis, um regresso depois de um longo período de ausência, mas que inscreve o nome do ex-amadorense naquela que é a quinta vitória do Benfica em casa, em igual número de jogos.

MVP Planet Football 10 - Fabrizio Miccoli


Ficha de jogo

Estádio da Luz

Assistência: 34.377 espectadores

Árbitro: João Ferreira, de Setúbal

Benfica-
Quim; Nélson, Anderson, Ricardo Rocha e Léo; Petit, Nuno Assis (Karagounis, 61) e Katsouranis (Manú, 85); Simão; Nuno Gomes e Miccoli (Mantorras, 49).

Marítimo-
Marcos; Zé Gomes, Alex, Gregory e Evaldo; Wénio; Olberdam (André Barreto, 82) e Luís Olim; Filipe Oliveira (Neca, 74), Kanu (Moukouri, 66) e Marcinho.

foto: uefa.com
publicado por Bruno Leite
Comentários a "Benfica 2-1 Marítimo: Katsouranis resolve..."
Anonymous João Reis
Ontem por acaso o grego nem fez um grande jogo, mas a influência deste médio defensivo continua a ser decisiva. Katsouranis, defende, ataca, rouba bolas, lança jogo de ataque e finaliza(é o melhor marcador do Benfica...o que se pode pedir mais? Um jogador perfeito. Que contratação brilhante!
26 de novembro de 2006 às 17:02  
Ultimas entradas
Posts Históricos
Visitantes
Pesquisar
PF10 TV

Publicidade


Click Here

Arquivos
Grupo Galáxia