Fechar PFTV
Publicidade
Crónicas dos jogos...por Filipe Falardo
14ª jornada da Liga de Honra

Numa jornada rica em empates (5!) o grande favorito foi o Leixões que aproveitou o empate caseiro do Feirense para se apoximar do líder. Recorde-se que o Leixões defronta esta semana o Gil Vicente num jogo em atraso e caso vença os homens de Barcelos fica em primeiro com um ponto a mais que o Feirense. Esta jornada teve algumas surpresas como a derrota do Guimarães e o empate do Santa Clara. Agora é tempo de algumas alterações nos planteis o que faz com que a segunda volta seja ainda mais competitiva e surpreendente.


Portimonense 1 – 1 Gil Vicente

Empate sorriu aos algarvios

Os algarvios quebraram a onde de vitórias do Gil Vicente e podem dar-se por satisfeitos pelo ponto conquistado pois os homens de Barcelos pecaram em demasia na finalização. A primeira parte foi morna e o ponto de interesse foi apenas o golo dos algarvios. No segundo tempo o Gil Vicente foi mais ambicioso e em vantagem numérica chegou ao empate. Depois assistiu-se a vários lances de golo desperdiçados pelo Gil Vicente e o resultado manteve-se assim até ao final.


Santa Clara 0 – 0 Chaves

Empate aceita-se em mau espectáculo

O Chaves surpreendeu nesta jornada com um importante empate na casa de um candidato à subida. O jogo foi de má qualidade muito por culpa do estado da relva e existiram poucos lances de perigo nas balizas. O Santa Clara somou assim o quarto empate em casa e viu o Leixões passar-lhe à frente na classificação.


Leixões 4 – 0 Ol.Moscavide

Primeira parte decisiva

Num jogo irreconhecivel dos lisboetas, os homens da casa entraram a todo o gás e aos trinta minutos já venciam por três bolas a zero. Numa partida onde tudo saiu bem ao Leixões, o Ol.Moscavide tentou responder com lances de ataque mas sofria mais um golo no segundo tempo. Os lisboetas ainda mandaram duas bolas ao poste mas a sorte estava mesmo virada para o Leixões.


Feirense 0 – 0 Penafiel

Faltaram os golos numa boa partida

O líder cedeu em casa e vê agora em risco o primeiro lugar. A primeira parte foi dominada pelos homens da casa mas não se traduziu em golos por culpa da organização defensiva do Penafiel. No segundo tempo as coisas foram diferentes e as ocasiões de golo foram repartidas mas a bola nunca chegou a entrar em nenhuma baliza como o público gosta.


Estoril 2 – 1 Varzim

Varzim ainda assustou

Numa primeira parte bem disputada, a velha máxima ”quem não marca, sofre” foi o resumo do que se passou e o Varzim inaugurou o marcador aproveitando as falhas ofensivas dos canarinhos. No entanto, o segundo tempo foi diferente e o Estoril entrou com outra atitude e ainda foi a tempo da reviravolta. A vitória dos homens da casa é justa mas não se livraram do susto.


Trofense 1 – 1 Vizela

Empate cai do céu para os forasteiros

O Trofense mostrou vontade de vencer desde o início e foi para o intervalo a vencer sem a mínima discussão. Na segunda parte, o Vizela parecia outra equipa e mostrou outros argumentos para voltar a discutir o resultado. O empate acabou por premear a reacção dos forasteiros que converteram uma grande penalidade muito discutível e conquistaram um importante ponto.


Rio Ave 1 – 1 Olhanense

Só mesmo de penalty

Foi um jogo de pouco interesse com poucas ocasiões de golo e a primeira parte foi talvez a mais emotiva pelos golos apontados de grande penalidade para ambas as equipas. O Olhanense jogou o segundo tempo com menos um homem mas o Rio Ave nunca conseguiu furar a defensiva algarvia e o empate acabou por ser o mais justo.


Guimarães 0 – 1 Gondomar

Surpresa na cidade do Berço

O Gondomar foi com a lição bem estudada e acabou por ser feliz. O Guimarães assumiu desde o início o domínio do jogo mas nunca traduziu esse domínio em golos pois o Gondomar esteve sempre muito bem organizado. Na parte final da partida o Gondomar começou a acreditar em algo mais que o empate e chegou ao golo. Uma vantagem que soube guardar até ao apito final.
publicado por Filipe Falardo
Comentários a "Crónicas dos jogos...por Filipe Falardo"
Anonymous Anónimo
LOL chama-lhe sorte! Sorte foi o Xistra estar do vosso lado e perdoar a expulsão ao Nuno Abreu e não marcar um penaltie contra vocês. Sorte foi não ter levado 6 ou 7.
19 de dezembro de 2006 às 13:29  
Anonymous Anónimo
Tem calma Ramalho... Há coisas mais importantes na vida do que a forma fanática como comentas e encaras o futebol... descontrai... e goza a vitória.
Boa Sorte para o Olivais e para o Leixões também.
20 de dezembro de 2006 às 18:42  
Anonymous Raquel Martins
Queremos ver o olivais de volta ás vitórias...
2007 espera-nos, há muita energia e contade de vencer... vamos a isso pessoal.
Não desmoralizem, vocês são os maiores. FORÇA
20 de dezembro de 2006 às 18:44  
Anonymous Anónimo
ramalho? que ramalho=

FORÇA LEIXÕES!
QUARTO GRANDE SOMOS NÓS!
O resto é tudo clubezecos sem expressão!
21 de dezembro de 2006 às 01:22  
Ultimas entradas
Posts Históricos
Visitantes
Pesquisar
PF10 TV

Publicidade


Click Here

Arquivos
Grupo Galáxia