Fechar PFTV
Publicidade
Outros Planetas:NBA - Chicago Bulls e Pau Gasol?

Se é unanime considerar que os New York Knicks estão num momento de forma deprimente, o que podemos dizer acerca dos Chicago Bulls?

Quando os Knicks venceram os Bulls no sábado passado, acabando com um ciclo de oito derrotas consecutivas apenas contribuiram para o afundar de Chicago. Colocaram-nos em maus lençóis na sua divisão e isolaram os Bulls no último lugar da Conferência Este. Quando as coisas pareciam não poder piorar mais eis que perdem com Toronto somando um registo verdadeiramente confrangedor: 2-10.

Se alguns críticos podem considerar o rendimento de Luol Deng com uma das principais causas para este péssimo começo de época, na minha perspectiva existem problemas mais importantes. Todos os dados ofensivos de Kirk Hinrich - excepção feita aos lançamentos livres - são os piores de sempre em toda a carreira deste jogador. Ben Gordon desceu de rendimento consideravelmente e Ben Wallace tem estado irreconhecível. Chicago continua sem nenhuma referência no jogo interior, o que é bastante grave. Qualquer equipa que se queira de topo tem de ter sempre uma referência interior que seja capaz de ganhar ressaltos, marcar pontos e impôr algum respeito numa zona tão próxima do cesto.



Para piorar ainda mais as coisas, Wallace tem somado os seus piores números desde há 10 anos para cá, e com 32 anos, não se vai tornar numa força dominante no sector defensivo e ofensivo da equipa. Com esta idade o seu percurso já não é ascendente e os numeros deste ano assim o demonstram - 4,4 pontos por jogo, 6.7 ressaltos por jogo e 1,4 bloqueios por jogo - não são propriamente os numeros que o General Manager John Paxson estava à espera quando contratou Wallace, por cerca de 60 milhões de euros com extensão de 4 anos. O último jogo dos Bulls comprova todos estes factos. Wallace jogou cerca de 35 minutos e somou uns miseráveis 2 pontos e 5 ressaltos. Os adeptos dos Bulls mantêm a esperança nesta equipa, isto porque já estão habituados aos tradicionais péssimos começos de época, mas as lacunas exibidas nestes 12 jogos iniciais não são um bom presságio para o resto da época.

Outros críticos acham que uma das razões que justifica este começo de época, foi a tão proclamada ida de Kobe Bryant para os Bulls que distraiu tudo e todos. Na NBA existem sempre este tipo de rumores e quando falamos de um jogador com o talento de Kobe Bryant esses rumores tornam-se cada vez mais frequentes. No entanto há que pensar que ainda existe um clube que necessita de consistência e segurança que não se pode deixar afectar por um mero "rumor". O Treinador Scott Skiles nunca foi de tolerar este tipo de coisas sem sentido, mas desde que começou a época que não se tem visto outra coisa no grupo de trabalho dos Bulls. Chicago tem dois jovens magníficos, Tyrus Thomas e Joakim Noah, mas falta qualquer coisa para que esta equipa encaixe devidamente.

Não tenho nada contra o Paxson que na minha opinião tem feito um magnifico trabalho na re-construcção desta equipa que estava em cacos depois da saida de Jerry Krause, a seguir à era Michael Jordan. Contenção é a palavra de ordem que foi imposta por Paxson aquando desse período e os resultados até nem têm sido maus, com duas idas consecutivas à segunda ronda dos Playoffs. A equipa está a ser construida mas está tambem a demonstrar que não tem capacidade para aspirar a outros voos.

Por isso, qual é o destino de Chicago? Paxson vai ter de abrir os cordões à bolsa e ir à procura de um bom jogador, que tenha qualidade e que tape a lacuna no jogo interior de Chicago. Este parece-me ser um dos problemas principais, senão mesmo o principal dos Bulls este ano.

Uma vez mais...Pau Gasol está à espera!



Post Scriptum - Desculpem esta interrupção noticiosa acerca da NBA, mas debati-me com alguns problemas técnicos que me impediram de aceder ao Blog e consequentemente enviar mensagens. Da minha parte, tudo esclarecido e vamos continuar com a NBA!

Etiquetas:

publicado por barbosa
Comentários a "Outros Planetas:NBA - Chicago Bulls e Pau Gasol?"
Anonymous LA
Sinceramente... não pondo em causa a qualidade das opiniões do barbosa, acho que a qualidade deste blogue merecia mais cuidado aquando da publicação.

Refiro-me à falta de acentos em grande parte das palavras (embora este seja quase irrisório), às expressões "houveram" e "à cerca" ou mesmo a má "tradução" ou utilização dos termos. No basquetebol há bloqueios, sim, mas não era a isso que o texto se referia.

O termo mais correcto será desarmes de lançamento, embora blocos esteja igualmente bem.

Ainda assim, ainda bem que os blogues apostam cada vez mais em falar de basquetebol e da NBA. Oxalá existissem mais...
28 de novembro de 2007 às 23:13  
Caro LA, eu sei que o termo mais correcto é desarme de lançamento [mal estava se não soubesse], simplesmente, por vezes existem alguns lapsos na tradução devido ao facto de grande parte do material informativo ser na sua grande maioria escrito em Inglês. E blocos, não está correcto. Utiliza-se maioritariamente na escrita Brasileira e não na Portuguesa.

Na Linga Portuguesa um bloco no Basket, significa um determinado movimento defensivo que anula e/ou dificulta o lançamento do jogador contrário. Desarme de lançamento, intercepcção e bloco são as três principais caracteristicas defensivas.

Quanto à acentuação, terei isso em conta aquando da publicação da próxima mensagem.

Obrigado pelos seus reparos.

Cumprimentos
Barbosa
29 de novembro de 2007 às 00:13  
Anonymous Johnny_20
Fantástico blog, nada mais a dizer. A organização e o conteúdo está todo excelente.

Quanto ao post, está interessante e muito bom. Barbosa tens muita qualidade e percebes imenso da "matéria".

Excelente análise ao momento dos Bulls.

Go Cleveland!

Vá força com isso. =D

Cumps.
29 de novembro de 2007 às 00:51  
Ultimas entradas
Posts Históricos
Visitantes
Pesquisar
PF10 TV

Publicidade


Click Here

Arquivos
Grupo Galáxia